3 Despedidas de Email tão irresistíveis que a sua caixa de correio vai abarrotar.

 Todos os dias escrevemos emails. De facto, somos perto de 3.9 billiões de utilizadores desta forma de comunicação. E várias estimativas apontam para que, cada pessoa redija todos os dias, 121 emails! São muitas palavras para transmitir as suas ideias. Há que aproveitar a pequena janela de tempo que cada um leva a ler o email  e tirar o máximo partido.



Hoje partilho convosco 3 maneiras para conseguir que o vosso interlocutor (seja ele, o vosso chefe, fornecedor ou cliente) não deixe de vos responder de volta. São fórmulas de despedida que melhor se aplicam ao contexto profissional e que permitem que reformar o célebre "com os melhores cumprimentos". 

Muitas vezes o que queremos nos emails é cativar o outro, ou pelo menos que ele (ou ela) nos responda, e estas despedidas vão fazer justamente isso ao colocar a enfâse no seu interlocutor, não em si!


Mal posso esperar por[coloque o que se adequar]. Até lá, fique bem e com saúde.

Nos tempos de pandemia SARS-COV-2 que atravessamos, colocar preocupação nas despedidas dos nossos email é ainda mais recompensador e dá um toque de preocupação e amabilidade especialmente bem-vindos num época de incerteza e de doença. 

Além disso, sublinha o seu entusiasmo por alguma coisa que o(a) liga à outra pessoa. E adivinhe a quem é que essa pessoa irá recorrer da próxima vez?




Tem sido fantástico(a). Obrigado por todo o empenho demonstrado

As despedidas de email são muitas vezes "secas" e impessoais. Terminar a sua mensagem eletrónica com um elogio mostra que é uma pessoa atenta e capaz de valorizar o próximo. Além disso, o reconhecimento do esforço e o sentir-se agradecido só o valoriza a si enquanto interlocutor(a) de alguém demonstrando que é alguém em que se pode confiar.


Eu sei o quanto [a tarefa] tem sido exigente, por isso esteja à vontade para me contactar e dizer como é que posso ajudar

Os emails são formas mediatizadas de comunicação com os outros. Não tem cabimento não acentuarmos esse facto nos emails. Por isso, de forma a estimular a reciprocidade e a interacção pode mostrar-se disponível para ajudar. Se o fizer através desta fórmula estará, também, a demonstrar o quanto tem em consideração o seu interlocutor e a oferecer-lhe uma maneira de, juntos, partilharem o "fardo".
Talvez o aspecto mais interessante desta despedida é mesmo incitar ao contacto mostrando abertura para apoiar o interlocutor e, simultaneamente, revelar a sua receptividade (e expectativa) quanto a uma próximo email.




Embora os consultores comerciais, markeeters ou os bloggers e criadores de conteúdo possam ter especial interesse nestas fórmulas de despedida, elas aplicam-se a qualquer interacção social mediatizada e são úteis a qualquer um de nós.
Mostremos a nossa empatia por aquele que está por detrás do ecrã e mais facilmente obteremos a sua atenção.


Retoricamente, bons emails!





"Como Escrever um Discurso em 3 Tempos". De forma vitalícia e disponível em qualquer altura ou lugar, aprenderá a:

  • Escrever um discurso – não importa a ocasião – baseado em 3 momentos-chave: Planear, Conceber e Redigir
  • As 5 Partes Formais do Discurso: Exórdio, Narração, Conformação, Digressão e Peroração
  • O propósito do seu Discurso
  • O Roteiro do Discurso
  • Planificar o trabalho de escrita

Saiba mais em: http://bit.ly/ComoEscreverDiscurso



Mensagens populares deste blogue

Quantas palavras por minuto profere nos seus discursos?

"Obrigado pela Vossa atenção"- Como Concluir o discurso sem ter que o dizer

Apresentações Multimédia: vantagens e desvantagens