Como perder o auditório em menos de 60 segundos

Resultado de imagem para audience confused public speaking



A situação acontece todos os dias, um pouco por todo o mundo.
O orador K vai começar a falar. Está quase a começar o seu discurso. Espera-se que seja decisivo. Não, ainda não é agora… Mais uns segundos. É agora, é agora…Não. Ainda não foi desta. O suspense aumenta, o auditório está em tensão máxima. E então...
Então, apresenta-se, fala de si e dos seus interesses pessoais e profissionais e agradece a presença ao auditório. Menciona a sua alegria e faz uma digressão acerca da última vez que ali esteve.


Passaram-se 60 segundos e comunicação. Ainda nada! O auditório começa a pensar se não deveria estar antes a preparar o jantar em vez de ter saído do trabalho para ir assistir à palestra.

E assim, muito rapidamente, o orador K perdeu o seu auditório. 

Resultado de imagem para audiencepublic speaking



Como é que ele perdeu o auditório em menos de 60 segundos?
Não foi directo ao assunto nem potenciou a tensão de início de discurso ao deixar-se levar por aspectos secundários e contextuais ao seu discurso.

O que nós, oradores, queremos é causar impacto com as nossas palavras. Não queremos pôr o auditório a pensar naquilo que está a perder noutro lugar. Pelo contrário, queremos que ele pense no que ele está a ganhar por ali estar.

Muitos oradores afugentam o auditório porque não captam a sua atenção logo nos segundos iniciais do seu discurso. Antes do discurso, o auditório encontra-se em máxima tensão. Está expectante e concentrado. O orador só tem de capitalizar essa energia positiva e dar ao auditório aquilo de que ele veio em busca quando decidiu ouvir o orador. 
O problema do orador K é confundir o auditório com digressões que não vão ao encontro das expectativas do auditório. Este quer-se sentido empoderado, ajudado, motivado com o discurso.
Os primeiros 60 segundos são cruciais para isso!

Num mundo cheio de estímulos e com tão pouco tempo, a primeira oportunidade pode ser a última! Não perca o seu auditório mal começa o seu discurso. Aproveite o momento único de causar boa impressão que são os primeiros segundos. Cative -o através de uma afirmação forte e enigmática "(ex: Não sou deste planeta"). Ponha o auditório a pensar na suas declarações iniciais em vez de o deixar distrair-se em cogitações.





Não quer perder o auditório em 60 segundos?


Aprenda a comunicar… e destaque-se!
Se não sabe como organizar a sua apresentação; se desconhece como fazer o auditório reagir emotivamente; se pretende conhecer os argumentos … este é o curso online para si!





Retoricamente, bons discursos!


Mensagens populares deste blogue

Quantas palavras por minuto profere nos seus discursos?

"Obrigado pela Vossa atenção"- Como Concluir o discurso sem ter que o dizer

Grandes Discursos: We Shall Fight on the Beaches de Winston Churchill