Mensagens

Exercício: a Leitura de Donald Trump

Imagem
Ao longo destes anos, este blog tem indicado alguns aspectos que o orador competente deve ter em conta para comunicar com sucesso.

Apresento-vos uma pequeno vídeo onde Donald Trump cita um discurso de Franklin Roosevelt, a propósito do 75º aniversário do Desembarque na Normandia (Dia D).



Quais os pontos fortes desta leitura? Quais os pontos fracos? O que poderia ser melhorado? Retoricamente, boas leituras!

Ano Novo, curso Novo!

Imagem
Costuma dizer-se, Ano Novo, Vida Nova.
E geralmente isso significa perder uns quilos, deixar de fumar ou começar a poupar.

Mas…

 E se parte dessa vida nova incluir o aperfeiçoamento das suas competências de comunicação?

Talvez no novo emprego isso seja imprescindível.
Talvez tenha agendada uma reunião com clientes importantes e quer estar no seu melhor. Quem sabe se a linguagem corporal positiva não pode fechar o negócio?
Talvez até seja o (ou a) líder de uma grande empresa e necessita de trabalhar os seus discursos, bem como as suas idas à televisão.

Que tal, Ano Novo, Curso Novo?
Comunicar a Liderança:


Consulte este site e veja se existe alguma área da comunicação em público que queira desenvolver.



Retoricamente, bons Discursos!

Neste Natal ofereça um presente a si próprio!

Imagem
Nesta época festiva em que presenteamos os outros, também nos podemos presentear a nós próprios.

Por isso, sugiro que leia um livro de comunicação em público (pode visitar a secção livros deste blog) e aprenda a desenvolver as suas competências de comunicação e de persuasão.

Ainda por cima "Introdução à Retórica no Séc. XXI" é gratuito! E sendo um ebook pode lê-lo em qualquer altura e em qualquer lugar como por exemplo enquanto espera pelo autocarro.

Se preferir aprender de um modo mais prático pode também contactar um retor ou um especialista em comunicação.



E Boas Festas (com Retórica e Comunicação)!

A Retórica é uma Técnica

Imagem
"Em primeiro lugar, a Retórica é uma técnica no sentido de um conjunto de preceitos que se podem pôr em prática com o fim de convencer o auditório. 
Possui um ordenamento sistemático de conhecimentos, princípios e classificações que permitem olhá-la como um domínio de perícia de acordo com a qual o orador pode orientar-se no difícil e sinuoso terreno da comunicação persuasiva. 
Ela pode ser estudada! Ela pode ser aprendida! Ela pode ser ensinada!


A Retórica é uma técnica discursiva que consiste numa competência característica que consiste no emprego da oratória e da eloquência.
Dizer que a Retórica consiste numa técnica é afirmar que possui um conjunto de regras, ou método, sobre as quais se explana o método de determinar, em cada, caso, os melhores elementos de persuasão.  De entre os seus principais rudimentos encontramos a distinção entre o logos, ethos e pathos."

Este post baseia-se num excerto do livro "Introdução à Retórica no séc. XXI" (p.36).

Para saber mais sobre …

Com ou sem carisma: o orador decide

Imagem
Porque na sociedade digital em que vivemos não existe, por vezes, tempo suficiente para ler posts demorados deixo-vos uma pequena dica de linguagem corporal. Mudando a postura, muda a imagem que o orador transmite. Se querem transmitir força (ethos) e ao mesmo tempo empatia (pathos) não experimentem a postura ilustrada à direita da imagem.

Não se esqueça o que os olhos estão postos em si: ocupe o espaço (que é seu enquanto orador), olhem em frente, use gestos que transmitam a energia com que quer contagiar o auditório e partilhe as suas ideias!
Os oradores são carismáticos ainda antes de falar! Na verdade, nem é necessário ter uma expressão verbal rara. Basta uma boa comunicação não-verbal!
Quando se apresenta aos outros o seu corpo já está "a falar" e a dizer muitas coisas acerca de si. Adopte a postura da esquerda e transmitam o carisma que o vai diferenciar dos demais. Decida como quer parecer e ponha o seu corpo "a dizer" aquilo que importa.



Retoricamente, bons …

Falácias: o que são?

Imagem
Este post é um excerto do livro "Introdução à Retórica no séc. XXI" (p.150):


As falácias são raciocínios falsos ou errados ainda que aparentem ser verdadeiros. 
O termo “falácia” deriva da palavra latina fallere que significa enganar. Na Retórica, a falácia é um raciocínio argumentativo fraco e pode ser facilmente confundida com argumentos fortes. 

A falácia é um argumento, porém, é um argumento logicamente inconsistente (ex: “Podemos ir embora. Se até agora ninguém apareceu não é agora que vai chegar”), sem fundamento (ex: “Os últimos ataques terroristas foram perpetrados por radicais islâmicos. Logo, todos os muçulmanos são terroristas”) ou inválidos (ex: “Se é verdade para ti, para mim tem de ser mentira. Somos pessoas tão diferentes”).

Do ponto de vista lógico, as falácias provam conclusões independentes da verdade das premissas.
Assim:
Os rubis são vermelhos; Este anel tem uma pedra vermelha;Logo, este anel só pode ser um rubi!
Ou:
Quando estou constipado tenho dores de cabeça; T…

Fazer brilhar os seus slides do Powerpoint em 3 passos

Imagem
O uso de ferramentas multimédia é, para muitos oradores, indispensável para melhor transmitir as suas ideias ao auditório, esteja ele numa reunião de trabalho ou numa conferência. Os conteúdos visuais ajudam a comunicar melhor ao complementarem o discurso oral.
Ficam aqui três dicas para que os vossos slides de PowerPoint se destaquem dos demais.

1. Concebam um modelo de apresentação evitando os templates
De forma a evitar apresentações incoerentes estabeleçam, desde o início, um modelo visual de apresentação. Evitem os templates porque são usados por todos e podem até não se adequar ao tema e estilo de apresentação que necessitam de fazer. Devem definir para todos os slides (sem excepção): tipo de letra (Times New Roman, etc) tamanho de letra diferenciado para títulos e para texto Espaço para texto e espaço dedicado a imagens Escolham no máximo três cores para o seu modelo de apresentação. Nunca ultrapassem este número pois correm o risco de tornar a vossa apresentação multimédia um &q…