Mensagens

O que é a Retórica?

Imagem
Mas se é verdade que não recebemos dos deuses nada mais requintado que esse poder de falar, o que pode  ser mais digno de cultivar com esforço e trabalho, ou em que aspecto podemos ser mais desejosos de  superar os nossos semelhantes, senão no exercício, exactamente, do poder através do qual os homens  suplantam os animais?
Quintiliano,
Institutio Oratoria, II, XVI.17



Eis um excerto do livro "Introdução à Retórica no séc. XXI" que nos ajuda a perceber melhor o que é a Retórica.
 "Ao longo da História, a capacidade de transmitir aos outros, de forma estruturada e convincente, aquilo que pensamos foi uma das mais vitais formas de comunicação.  A Retórica é a disciplina que estuda o modo como comunicamos persuasivamente com os outros. A persuasão pode ser definida como “o processo simbólico no qual os comunicadores procuram convencer outras pessoas a alterar as suas atitudes ou comportamento em relação a um assunto através da transmissão de uma mensagem, num ambiente de lib…

Análise Retórica: o que é isso?

Imagem
A Retórica é um campo de estudos que nos ajuda a compreender de que maneira somos discursivamente convencidos a fazer alguma coisa ou a pensar algo. A Análise Retórica dos textos concentra-se em revelar as estruturas argumentativos e demais elementos contribuidores para o processo de persuasão.


Eis um excerto do livro "Introdução à Retórica no séc. XXI" que nos ajuda a perceber em que consiste e como se distingue de outros tipos de análise. "A Análise Retórica não consiste numa simples interpretação dos discursos. Ela distingue-se da Análise do Discurso, Análise de Conteúdo ou da Hermenêutica porque procura interpretar os discursos, não a partir das suas características intrínsecas ou da sua inclusão com determinados contextos sociais, mas a partir das estruturas argumentativas que suportam o processo geral de persuasão e convencimento". (p.190)
(…)
"A Análise Retórica examina persuasivamente um discurso. Considera o texto retórico enquanto unidade, e visa de…

Grandes Discursos: Charles de Gaulle a 18 de Junho de 1940

Imagem
A 18 de Junho de 1940, o General Charles de Gaulle pronunciava o discurso fundador da Resistência Francesa durante a II Guerra Mundial. Transmitido pela rádio britânica BBC, o discurso, além de apelar à luta contra o Terceiro Reich, prenuncia já a mundialização da Guerra.

Era claro já que a França estava em risco de perder a guerra e tornar-se uma colónia alemã. Recusando assinar o armistício, o Primeiro-Ministro Paul Reynaud foi forçado a demitir-se e a ser substituído por Philippe Petain, o qual havia manifestado maior disponibilidade para acomodar as pretensões alemãs. Em desacordo com esta substituição, o General Charles de Gaulle, líder das Forças Livres Francesas (Forces Françaises Libres) reuniu-se com os responsáveis britânicos (incluindo Wiston Churchill) para delinear as acções futuras. Foi neste contexto que ele proferiu um discurso, em Londres, perante os microfones da BBC. Nele, de Gaulle exorta os franceses a não perder a esperança e desafia-os a combater a ocupação alem…

Que Universidades ensinam Retórica?

Imagem
Felizmente, em Portugal, já existem muitas Universidades a incluir nos seus programas curriculares a disciplina de Retórica.

A disciplina pode apresentar algumas designações variantes de acordo com a Universidade pelo que fica aqui a lista de alguns desses casos (e respectivos links).
Note-se que a lista não é exaustiva e que haverá muitas outras instituições de ensino superior que apresentar a retórica nos seus curricula.


Retórica e Comunicação e Teorias da Retórica e Argumentação -Universidade da Madeira




Retórica- Universidade da Beira Interior



Retórica e Argumentação -Universidade Nova de Lisboa



Retórica, Argumentação e Filosofia- Universidade de Coimbra



Retórica e Argumentação - Universidade Lusófona





Retoricamente, boas aulas!

TOP 5 das características dos melhores oradores

Imagem
Proferir um discurso eloquente é uma tarefa complexa que exige muito tempo de aperfeiçoamento e preparação.
Ficam aqui cinco atributos que que qualquer bom orador possui:






Capacidade de pesquisar acerca do tema

Os melhores oradores sabem daquilo que falam. Eles investigam cuidadosamente o assunto do discurso e ensaiam-no vezes sem conta até que as hesitações ou dúvidas desapareçam. Eles sabem identificar o que precisam para discorrer sobre o seu tópico de forma segura e convicta.

Organizar as suas ideias de forma lógica e consequente
Um discurso bem estruturado (Introdução, Desenvolvimento e Conclusão) é fácil de compreender exigindo po

Aspasia, a mulher que ensinou eloquência a Péricles

Imagem
Aspásia de Mileto (470-410 AC) é um dos primeiros exemplos de mulheres ligadas à eloquência e à retórica. Tendo um relacionamento com o estadista, orador e general Ateniense Péricles, com quem teve um filho, Aspásia foi uma mulher culta e educada que previsivelmente exerceu grande influência no meio intelectual e político de Atenas.

Oriunda de uma família rica de Mileto, na época, antiga cidade da Ásia Menor (actualmente Turquia), Aspásia recebeu, desde pequena, uma educação refinada e variada.
Embora não tenha chegado até nós discursos de Aspásia, acredita-se que será da sua autoria os discursos fúnebres proferidos por Péricles depois da Guerra do Peloponeso. No diálogo Menexenus, de Platão é referido que o próprio Sócrates se havia maravilhado com a sua eloquência.
A sua reputação, ao longo dos séculos, foi envolta em polémica. Aristófanes, na peça satírica Os Acarnânios culpa Aspásia pela guerra do Peloponeso. Outros autores descrevem-na como sendo moralmente devassa. Contudo, o…

Quer ser Eloquente? Só tem de dar um beijo...

Imagem
Não tem tempo para aprender Retórica? Precisa de se tornar convincente de uma momento para outro? Pretende ganhar o dom da persuasão sem muito trabalho?
Então nada mais simples: beije a Pedra da Eloquência !
A Pedra da Eloquência, ou Blarney Stone, fica situada no Castelo Blarney, construído em 1446, perto da cidade de Cork, na Irlanda. Diz a lenda que quem ousar beijar a pedra conquista o bem-aventurado dom da eloquência e persuasão (the gift of the gab). Aqueles que o fizeram afirmam que rapidamente adquiriram confiança ao falar com outras pessoas e que se tornaram bem mais convincentes. Muitas estrelas de televisão, cantores e actores famosos vêem ao castelo precisamente beijar a pedra que se situa no seu topo para ganhar o, muito procurado, dom oratório.

Há várias histórias que se contam acerca desta Pedra. Eis uma das mais famosas. Cormac McCarthy, o fidalgo que mandou edificar o castelo de Blarney, envolveu-se numa acção judicial. Para que pudesse responder em Tribunal da melho…